Sims 3

Tyler’s life

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Space Oddity

Não há trocadilhos com relação ao título.

Eu realmente me refiro a música de Bowie.

Ouvi-a hoje, pela primeira, em fones estéreo decentes e foi uma expêriencia única. Ela é uma música que me comove e emociona normalmente. Entretanto, quando ouvi a voz cristalina de bowie, fazendo o lead e o back vocal não tive forças pra cantar junto. Só fique parada, boca aberta, tentando lembrar de respirar. Overwhelming.

Te amo Bowie

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

5 razões pelas quais eu sou genial e 1 que desmente todas as anteriores

Eu bateria palmas de pé pra mim mesma se houvesse algum espelho por perto. O motivo de todo esse orgulho é que:

-Ontem à noite tive a reafirmação de que eu gosto de escrever relatórios. Eu só tenho que reunir forças pra começar.

-Eu fui muito esperta quando uma canhota me desafiou para uma queda de braço à lá canhota e eu disse que tudo bem, desde que eu usasse minha perna canhota contra a mão dela 😉

-Eu ensinei para minha priminha de 3 anos que a lua não é feita de queijo. Ela é formada de rochas e gelo. HA! segurem essa, tias do pré!

-Vou doar sangue pela primeira vez! (não que precise de cérebro pra isso) e comemorarei elaborando meu personagem para um RPG de vampiros. rawr.

-Eu recomecei a escrever em um blog! (por acaso este) “e as vozes dizem: meio cedo pra comemorar não acha?” mas as outras me defendem “Você realmente é genial!””

PORÉM

-Aparentemente eu não consigo controlar a ruidagem que deixa minhas cordas vocais quando me concentro ou quando me distraio ou em qualquer outra situação em público O.o


Isso permite-nos concluir que a sociedade oprime os que se deixam ser oprimidos. Os que escolhem não ser oprimidos e continuam em seu comportamento errático são denominados idiotas ou dementes…ou eu!

“we are loonies and we are proud!”

-Campbell Bain

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Tentando ir audaciosamente aonde eu sempre acabei evitando ir

Muito bem.

Aqui recomeça a épica batalha de produzir e manter um blog. Poderia contar nesse post sobre meu primeiro contato com o fantástico mundo dos blogs, quando eu, na terceira série da escola fiz meu “blig”.

Blog do Ig.

Blog.

do.

Ig.


Trágico.

Eu sei.

Dói lembrar. Felizmente eu não falarei sobre essa experiência em particular no momento. Recentemente passei a investir em postar alguns desenhos no aclamado deviantart. O site oferece uma estrutura boa e recursos úteis até mesmo para os usuários não assinantes. Entretanto, depois de postar alguns desenhos e fotos deixei minha página morta. Como SEMPRE. Um ano depois lembrei da minha conta. Fui checar e havia zero comentários. Bem, quem não vai a luta não merece ganhar. Me inscrevi em uma comunidade com tema referente aos meus desenhos e aprendi duas lições importantes:

1-As pessoas gostam dos meus desenhos

b-Tem muita gente muito melhor que eu em tudo

γ-Eu posso melhorar em tudo se eu pelo menos tentar.

Depois dessas revelações motivadoras desliguei o computador e fui dormir. Eu faço muito isso.

Minha conclusão é que está na hora de parar com algumas palhaçadas mudar certos comportamentos e regras que eu estipulei para mim mesma. A principal e poderei chamar de minha Primeira Diretriz é não interferir em escrever quando eu QUISER. O que significa que se em um dia, por alinhamento dos astros ou qualquer outro motivo eu decidir escrever 5 posts com meus disparates, fá-lo-ei sem pestanejar. (e esse foi meu lado aspirante a nerd falando).


High fives para todos.

Menos pra você.

Eu vi onde você pôs essa mão.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Hello world!

Teste 1 2 3 testando, acho que esse template é tosco…



Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized